Airbnb oferece reembolso para grávidas com viagens agendadas para áreas com risco de Zika

No dia 4 de março, o Airbnb publicou em seu blog oficial um aviso sobre ações tomadas pela empresa sobre reservas em países e regiões onde há contaminação por Zika virus. Abaixo, o comunicado integral publicado no blog oficial, com tradução livre por zOOm zine.


˜Para o Airbnb, a saúde e a segurança de nossa comunidade é da maior importância. Com o intuito de oferecer a melhor acomodação aos hóspedes e anfitriões, trabalhamos proativamente para lidar com as preocupações com viagens que surgiram devido ao Zika virus.


No dia 1 de fevereiro de 2016, a Organização Mundial da Saúde declarou o Zika virus uma emergência médica global. Além disso, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA emitiram várias notas de viagem que sugerem que turistas devem aumentar as precauções quando visitarem países onde a transmissão do Zika virus foi identificada. As duas organizações advertiram que mulheres grávidas e mulheres que estejam tentando engravidar devem tomar cuidados especiais para prevenir a contaminação durante a viagem.


Devido às orientações, entendemos perfeitamente o desejo de alguns viajantes em adiarem seus planos para estas regiões e tomamos as ações abaixo para dar assistência e proteger nossa comunidade:


- Mulheres grávidas ou mulheres que estejam tentando engravidar, bem como seus familiares que estejam viajando com elas, poderão ser reembolsados de reservas realizadas e já pagas nas regiões afetadas.

- Estamos comunicando ativamente os riscos associados ao virus para nossa comunidade à medida em que as informações são disponibilizadas.


Antes de reservar viagens internacionais, recomendamos consultar os orgãos públicos pertinentes sobre quaisquer avisos ou alertas de viagem que possam ser aplicados a países ou regiões incluídas em seu itinerário.


Se tiver qualquer questão adiconal ou preocupações, por favor visite nossa central de ajuda.˜


O comunicado não informa como devem ser solicitados os reembolsos e como podem ser comprovadas a gravidez ou a intenção de engravidar. Para ler o comunicado original em inglês, clique aqui.


Foto: Reprodução do site do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA.

Últimas notícias

Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png