Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png

Família Cheetos agora tem pipoca pronta para comer

08.06.2016

Cheetos lança sua primeira pipoca pronta para comer, nos sabores queijo e caramelo... Sim! Vai ter Cheetos pipoca doce! O lançamento tem como objetivo atender a uma demanda do consumidor por produtos mais convenientes ampliando a atuação em ocasiões de consumo e complementando a família da marca, atualmente composto por salgadinhos de milho, pipoca de micro-ondas e agora com as pipocas prontas para comer.

 

A novidade pretende impulsionar o mercado de pipocas prontas para comer que começa a se desenvolver no país e é considerado um segmento em potencial. Segundo dados do instituto de pesquisa Nielsen, o brasileiro consome em torno de 15 mil toneladas de pipoca ao ano, considerando em sua maioria opções para micro-ondas. Ainda de acordo com o instituto, o mercado de pipocas vem crescendo em ritmo acelerado, acima das principais categorias de macro snacks.

 

Cheetos Pipoca Pronta conta com alguns diferenciais em seu processo produtivo. O primeiro deles é que, para “transformar” o milho em pipoca, não é utilizado óleo. O milho é adicionado a um maquinário que utiliza ar quente para transferir a temperatura para o grão, fazendo com que a água em seu interior esquente e se transforme em vapor. Devido à alta pressão causada o grão estoura e então, recebe o sabor de queijo ou a calda de caramelo. Em seguida, a pipoca segue para a pesagem e embalagem. Outro fato curioso é o uso de um milho importado e especial, que faz com que o produto final seja uma pipoca redonda, maior, mais divertida e super saborosa.

 

O lançamento do produto terá ajuda do icônico personagem da marca, o Cheetos Cheetah. Cheetos Pipoca Pronta estará disponível em 2 formatos inovadores: Individual - perfeita para comer a qualquer hora e lugar, da embalagem para a boca sem sujar as mãos - e formato familiar - embalagem pronta para servir para dividir com amigos e familiares.

 

Quem está com água na boca levanta a mão... o/ o/ o/ o/ o/ o/ 

 

Foto: Divulgação

Please reload

Please reload

Outras notícias