Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png

Lala Rudge é capa da revista Casa Vogue de Julho

Livre, leve, em uma nova fase de vida. Assim pode ser resumido o dia a dia da digital influencer e empresária em seu lar, concebido por Christina Hamoui para o primeiro “período solo” da moradora. Que já traça planos para o futuro. 

 

 Lala Rudge para a revista Casa Vogue de Julho

 

Liberdade é uma palavra forte, mas tem a leveza que define o momento atual de Lala Rudge. Há pouco mais de um ano, a digital influencer e empresária entrou pela primeira vez no apartamento que elegeu para morar sozinha no Itaim Bibi, em São Paulo, após o término de seu casamento – episódio assistido por um Brasil inteiro. Desde então, ela escolhe seus itens de décor e estilo e vibra levando sua rotina ao lado de Gigi, uma espevitada filhote de spitz alemão. É uma fase mais madura também. Os negócios com a marca de lingerie, La Rouge Belle, vão bem, obrigada, e ela acaba de realizar o sonho de lançar a segunda brand, a LR, mais acessível. Quando fala sobre o namorado, Bruno Khouri, os olhos se acendem. Lala revela para Casa Vogue seus planos mais ousados: ter um filho até os 30 anos. “Mas antes disso tem de casar, né?”, ri. Ela tem 27. 

 

É, acima de tudo, a hora de ser feliz em meio aos tons de cinza, preto e branco que surgem em camadas no apartamento, como um reflexo de suas certezas. “Sou monocromática. Prefiro tudo mais clean e queria um mix entre o clássico e o moderno”, diz. Ao projetar o espaço de 200 m², a designer de interiores Christina Hamoui trouxe poucos itens do lar anterior. “Veio uma inspiração parisiense, o cinza quente de um tecido Dior que eu tinha, sem muitos contrastes, em tom sobre tom. Desenhei os móveis para sair do tradicional, cada detalhe foi feito para ela”, conta.

 

Fotos: Christian Maldonado/Vogue

Please reload

Please reload

Outras notícias