Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png

Cortar uma lata de refrigerante na semana já ajuda a perder peso

01.10.2017

Se você quer começar uma dieta para perder peso, contudo mudanças radicais em seu hábito alimentar te apavoram, saiba que é possível começar com um primeiro passo muito simples: cortar o refrigerante com açúcar de sua dieta. Pessoas que diminuem o consumo de apenas uma lata de refrigerante por semana já conseguem observar alguma perda de peso e medidas. Isso é o que diz uma recente pesquisa conjunta da Harvard T.H. Chan School of Public Health e do Mexico’s National Institute of Public Health publicada no American Journal of Public Health e que foi notícia no portal da revista americana Time.

 

 

No grupo de mulheres pesquisadas que seguiram ajustes na alimentação e no estilo de vida, aquelas que cortaram o consumo de ao menos uma lata de refrigerante normal por semana, em dois anos (período do estudo), perderam até 400 gramas a mais do que as outras que continuaram consumindo a bebida com açúcar. Um outro grupo fez o inverso e aumentou seu consumo em uma lata de refrigerante a mais na semana, estas ganharam 300 gramas a mais do que as outras no mesmo período.

 

Parece pouco para tanto tempo? Imagine transformar esse comportamento semanal para diário e ao invés de apenas diminuir uma lata de refrigerante, cortar a bebida de seu hábito alimentar ou substituí-la por outras sem adição de açúcar como chás e sucos. Aí é só fazer as contas.

 

Estes foram os efeitos mapeados em uma amostra composta por mulheres adultas do México. Com essa observação já é possível avaliar como seriam esses efeitos em pessoas que consomem refrigerantes diariamente desde os primeiros anos de vida.

 

 

Uma matéria publicada na Scientific American Brasil trouxe dados alarmantes: bebidas industrializadas com açúcar são as maiores responsáveis pela obesidade infantil. Crianças que ingerem regularmente esses produtos têm uma ingestão calórica total diária de 17 a 20% maior do que as que não tem o mesmo hábito.

 

Mudar um comportamento de forma radicalmente não é fácil, mas sempre é possível dar um primeiro passo. O quanto o refrigerante está presente na sua rotina alimentar?

 

Fotos: Banco de imagens gratuitas do Pixabay.

Please reload

Please reload

Outras notícias