Exposição Sagrado Primitivo fica no Conjunto Nacional até o dia 17 de novembro

Preconceito, diversidade e discriminação são alguns dos temas trazidos à tona pelo artista plástico Geraldo Lacerdine na exposição “Sagrado Primitivo – O intermédio dos dois mundos”, na galeria do Conjunto Nacional, em São Paulo, que fica até dia 17 de novembro.


A exposição de arte sacra contemporânea propõe a discussão sobre a manifestação do sagrado na diversidade e os preconceitos, estabelecendo um diálogo entre duas realidades: o santo e o mundano. “A intenção da mostra não é chocar o público religioso, mas propor uma reflexão respeitosa sobre preconceitos e a aceitação da diversidade na produção artística tradicional do sacro”, afirma o autor das obras Lacerdine, que também tem uma formação em Teologia e Filosofia e é padre pela ordem dos jesuítas.


São 23 quadros inéditos, de acrílica sobre tela, com aplicação de folha de ouro, em sua maioria de tamanhos gigantes (o maior deles, O Sagrado Coração, tem 5x3m). As obras representam figuras nada convencionais que questionam o estereótipo do sagrado. O artista destaca, inclusive, figuras negras e femininas que ocupam lugar em ícones clássicos da tradição religiosa, segundo ele, de uma maneira nunca vista. Entre os títulos estão: Igualdade, Proteção da Flora, Mãe Negra, Amor e Cuidado, Espírito de Deus (obra escolhida para o cartaz da exposição), Abraço, Olhares e Dona Hermínia.


Lacerdine explica que a proposta do projeto é romper com a cultura do preconceito e ampliar a observação para um autêntico e genuíno que nasce por intermédio entre dois mundos - céu e terra -, no caso o humano. A intenção é despertar os sentidos das pessoas para a manifestação da beleza existente na diversidade do mundo, onde não há espaço para preconceitos, discriminação ou julgamentos. “Por séculos foi incutida a ideia de que o sagrado é permeado de pureza, figuras brancas e loiras, sempre nórdicas e incorruptíveis, enquanto o mundano (humano) é sujo, pobre, negro, com figuras borradas, deformadas, exalando fraqueza e sexualidade vil”, ressalta.


Exemplos de obras na mostra:


Serviço

Exposição SAGRADO PRIMITIVO – O intermédio de dois mundos Até o dia 17 de novembro, de segunda a domingo, das 9 às 22 horas Local: Galeria do Conjunto Nacional

End.: Avenida Paulista, 2073 – Consolação – SP

Entrada Gratuita


Foto: Divulgação.

Últimas notícias

Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png