Emprego: Seja encontrado pelas empresas

25.08.2018

Tendêncida em Recursos Humanos, cresce opção pela seleção de candidato passivo em substituição à tradicional triagem de currículos nas empresas

 

 

Uma das principais tendências observadas na área de recursos humanos é o crescimento da seleção de colaboradores pelo formato de candidato passivo, ou seja, as empresas é que buscam seus candidatos.

 

Com isso, nasce a necessidade de se destacar aos olhos destes profissionais que buscam talentos nos mais diversos canais, de bancos de currículos online às redes sociais. E este fenômeno merece muita atenção quando se está buscando recolocação no mercado de trabalho.

 

 

São diversas as ferramentas disponíveis online, mas é preciso saber se vender. Por exemplo, preenchendo o cadastro é indispensável tentar entender como uma empresa realiza uma pesquisa para encontrar um profissional com seu talento ou formação e, o mais importante, o que é necessário para que você possa ajudá-los e aumentar as chances de chegarem até o seu currículo.

 

CATHO

 

O maior site de empregos do país, faz parte de um grupo presente em vários países. A própria Catho está entre as melhores empresas para trabalhar em Barueri e região, segundo o Great Place to Work (GPTW). Atualmente tem cerca de 220 mil vagas anunciadas e também funciona como um portal com ferramentas, notícias e artigos com conteúdos e dicas importantes para candidatos.

Para acessar o site da Catho, clique aqui.

 

VAGAS.COM

 

Uma das íderes desse mercado no Brasil. A Vagas.com oferece soluções de recursos humanos para 3 mil clientes, 71 deles entre os 100 maiores do país. Possui mais de nove milhões de usuários no site VAGAS.com.br e forte presença nas mídias sociais do segmento: mais de 1,6 milhão de fãs no Facebook, 800 mil seguidores no Twitter e o maior fórum de discussão no Linkedin, com mais de 750 mil membros.

Para acessar o site do Vagas.com, clique aqui.

 

D'HIRE

 

Portal que conecta empresas, candidatos e headhunters. Quando uma vaga é aberta no site,  a comunidade de recrutadores do d'hire começa a busca e avaliação pelo profissional ideal. Se o candidato tiver aderência com a vaga, algum recrutador pode enviar o perfil para o contratante.

Para acessar o site da d'hire, clique aqui.

 

INFOJOBS

 

Uma plataforma internacional que está no Brasil desde 2004 que, atualmente, é uma das mais acessadas do país. Contabiliza 27 milhões de visitas ao mês e 26 milhões de candidatos cadastrados. Destaca-se com suas vantagens ao contratante pois o registro de currículos pelos candidatos é totalmente gratuito, dessa forma conseguem contemplar profissionais de todos os perfis.

Para acessar o site do InfoJobs, clique aqui.

 

EMPREGOS.COM.BR

 

Está entre as mais antigas em atuação no Brasil, desde 1998. O Empregos.com.br conta hoje com mais de 4.6 milhões de currículos profissionais, uma margem de 170 mil empresas cadastradas em seu sistema e mais de 120 mil vagas disponíveis em todo o país.

Para acessar o site da Empregos.com.br, clique aqui.

 

MANAGER

 

Também é uma das plataformas mais antigas em atuação no Brasil. Também funciona como um portal de conteúdo e dicas para ajudar quem está buscando uma recolocação. Trabalha de forma inversa ao InfoJobs, pois o anúncio da vaga é gratuito e são os candidatos que fazem a assinatura no site.

Para acessar o site da Manager, clique aqui.

 

LINKEDIN

 

As redes sociais também são uma ótima ferramenta na busca de vagas, e o Linkedin não poderia ficar de fora dessa lista. A rede profissional oferece tanto conexões com fontes importantes quanto com páginas das próprias empresas, facilitando a busca por novas propostas de trabalho.

Para acessar o Linkedin, clique aqui.

 

Como se tornar atraente aos olhos do recrutador no ambiente virtual

 

A primeira pergunta que um candidato que vai adotar as plataformas online para procurar emprego é: o que é necessário para se destacar no mar de informações disponíveis na internet, principalmente em uma fase de alto desemprego na país?

 

1.  Siga as empresas nas redes sociais

A maioria das empresas hoje em dia tem redes sociais ativas. Segui-las pode te dar informações importantes sobre o perfil e os valores da instituição que poderão te ajudar, não apenas no preenchimento do seu currículo, mas até na hora da entrevista.

 

2. Atenção ao perfil que a empresa busca 

Mostrar que você tem o que a empresa busca ou compreender com clareza aquilo que ela busca para poder se aperfeiçoar fazem toda a diferença.

 

3. Apresente mais sobre você

Coloque nas suas redes todas suas preocupações e ações, seja com o meio ambiente ou alguma causa social. As empresas buscam cada vez mais pessoas interessadas e dispostas a ajudar. Pode parecer algo simples, mas é justamente isso que as empresas buscam, pessoas prontas a colaborar com a empresa a ter cada vez mais engajamento social.

 

4. Relações pessoais/ Network 

Vale muito mais quem são as pessoas com quem você se relaciona pessoal ou virtualmente, do que a quantidade. Além disso, elas podem ser a chave para te ajudar a ganhar destaque e te apresentar novas oportunidades. 

 

5. Boa comunicação e perfis sempre atualizados

Você pode ter o melhor currículo do mundo, no entanto, se sua comunicação não for boa e sempre ativa e a forma como se apresenta online não for vendedora, pouco vai importar o que diz seu currículo. Mostrar uma imagem profissional é importante até mesmo na foto dos seus perfis que deve transparecer seriedade confiança.

 

Com a grande concorrência em todas as áreas, é preciso ir além das habilidades comuns e ter atenção na hora de escrever um currículo e apresentá-lo ao mundo. Mais do que isso, é preciso ter cuidado com tudo o que se fala e faz nas redes sociais e ter presença ativa nos momentos certos. Isso, e uma dose extra de bons conselhos dados por um coach, podem ajudar a aparecer no topo da lista de busca dos bancos de dados e conseguir conquistar aquela vaga que sempre sonhou.

 

 

Dicas valiosas para preencher seu perfil ou seu currículo online

 

1. Objetivo profissional

Seja claro e use palavras comuns à área em que estão buscando recolocação. E isso também vare para todos os itens abaixo, pois o recrutar vai buscá-lo por meio de palavras-chave.

 

2. Experiência profissional

Não se limite apenas a citar as empresas pelas quais passou, seja precisa sobre quais foram as atividades realizadas, o que conseguiu aprender e, principalmente, os resultados importantes com os quais colaborou.

 

3. Cuidado com erros de português

Como diz o ditado, a primeira impressão é a que fica. Erros de português podem desviar a atenção do recrutador de suas qualificações e experiências, por melhores que sejam, e ter uma péssima impressão sobre você.

 

4. Mantenha o currículo atualizado

Informações desatualizadas também podem imprimir desleixo e falta de interesse do candidato em conseguir um emprego.

 

5. Nunca use informações falsas

Não se ofereça a vaga que pede um inglês fluente se você não está apto. O mesmo vale para qualquer outra habilidade específica que a pessoa não esteja habilitada, não vale a pena colocá-la no currículo. Profissionais de recursos humanos são unânimes ao afirmar que é muito fácil saber quando o candidato está mentindo. Se falta habilidade em alguma área, tente destacar sua facilidade de aprendizado e seus pontos fortes em outros pontos.

 

Boa sorte!!

Please reload

Please reload

Outras notícias

Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png