Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png

Evento Democracia 2.0 debaterá crescimento das iniciativas digitais para aperfeiçoamento da política

No dia 6 de setembro, no espaço de inovação Cubo Itaú, em São Paulo, acontecerá o encontro 'Democracia 2.0', que reunirá os líderes dos principais aplicativos, sites e movimentos sociais que usam a tecnologia como forma facilitar o engajamento político dos cidadãos.

 

 

 

O evento, coordenado pelo aplicativo Poder do Voto, terá atividades das 8h30 às 12 horas e contará com a presença de Luiza Helena Trajano, presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza e Líder do Grupo Mulheres do Brasil. Ela fará uma palestra com o tema: "Desafios da Democracia: a mudança através do diálogo".

 

Na ocasião, o fundador e CEO do aplicativo Poder do Voto, Mario Mello, apresentará o "Monitor Poder do Voto" da Democracia 2.0, estudo que mapeia o ecossistema brasileiro de iniciativas digitais.

 

Acontecerão ainda dois painéis temáticos que abordarão a "Tecnologia apoiando escolhas" e a "Tecnologia gerando transparência e engajamento social". Esses módulos terão representantes de iniciativas como Mudamos, Detector de Corruptos, Tem Meu Voto, Ranking dos Políticos, aplicativo Meu Vereador e do próprio Poder do Voto.

 

Serviço:

 

Evento Democracia 2.0

 

Cubo Itaú: Alameda Vicente Pinzon, 54, Sala, Vila Olímpia - SP.

Data: 06/09

Horário: 8h30

 

Sobre Poder de Voto

 

O aplicativo Poder do Voto tem como objetivo utilizar a tecnologia para proporcionar ao eleitor clareza da representação política e auxiliar na construção de um ambiente político saudável que melhore as condições de vida do país.

 

Por meio de inteligência artificial, big data e interação via API com o Congresso Nacional, o projeto pretende fazer a ligação entre o eleitor e seus representantes parlamentares permitindo que, mesmo sem deixar de lado suas atividades diárias, as pessoas possam influenciar nas votações de projetos de seu interesse.

 

Através de seus telefones celulares, os usuários poderão dizer como querem que os deputados e senadores votem em cada situação e avaliar o quanto isto estará sendo feito como critério para escolha em futuras eleições. O aplicativo permite ainda aos parlamentares uma aproximação direta com seus eleitores, conhecendo suas opiniões e podendo inclusive explicar seus posicionamentos diretamente a eles, sem a necessidade de intermediários, como a imprensa, por exemplo.

 

Trata-se de um projeto sem fins lucrativos, criado por Mario Mello, ex-diretor geral do PayPal para a América Latina, Paulo Dalla Nora, empreendedor ligado a inovação em energia renovável, e Gustavo Castro, fundador do De Vivo, Whitaker e Castro Advogados. O Poder do Voto não tem qualquer filiação partidária ou ligação com entidades do mundo político. É um projeto mantido por doações apenas de pessoas físicas e não tem fins lucrativos. Os dados colhidos pela aplicativo não poderão ser vendidos nem cedidos a nenhum partido político, candidato ou instituto de pesquisa.

Please reload

Please reload

Outras notícias