Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png

Vivi Guedes, personagem de Paolla Oliveira na novela A Dona do Pedaço, é capa da Glamour de Novembro

08.11.2019

"O mais bonito do mundo é que ele se transforma o tempo inteiro, e eu aprendi a me preparar para todas as mudanças." Da conversa com a influencer Vivi Guedes, capa da revista Glamour desse mês, essa é a frase que melhor resume tudo: sua trajetória, seu jeito de ver a vida e de entender os limites entre real/virtual. A capixaba, que foi adotada criança, hoje vive uma vida abastada, exibida no Insta (@estiloviviguedes) para 1,9 milhão de seguidores e diariamente em horário nobre, até o fim deste mês, na novela A Dona do Pedaço, da Globo.

 

Amada pelos pais, pelo público e pelas marcas (Avon e Duty Cosméticos estão entre as empresas com quem tem contrato), Vivi guarda em si a força de quem chegou lá apesar dos pesares. "Não lembro de detalhes da minha infância até ser adotada, mas tenho algumas imagens de braços maternos me envolvendo. Lembro também de uma festa e do sabor de um bolo com gosto de amor", diz.

 

Fotos por João Arraes

 

Quando criança, ela foi separada da irmã, Fabiana, e viu a mãe ser morta vítima da guerra entre os Ramirez e Matheus, famílias tradicionais (e rivais) do Espírito Santo. Seu destino mudou ao ser encontrada sozinha pelas ruas da cidade de Vitória por Beatriz e Otávio, seus pais adotivos, com quem cresceu em São Paulo cercada de mimos e completamente inserida no mundo da moda. Daí surgiu a vocação de digital influencer. "Como a minha família sempre acompanhou os lançamentos de coleções, comecei a postar as minhas experiências no mundo fashion. Quando vi já tinha milhões de 'seguimores' interessados", conta. Seus acessos no mercado internacional também são poderosos.

 

Recentemente, Vivi "quebrou a internet" ao usar um vestido de látex do estilista britânico Atsuko Kudo, que já vestiu Kim Kardashian, Lady Gaga, Madonna e Nicki Minaj. Ainda que moda, beleza e lifestyle sejam os assuntos oficiais da influencer nas redes, um dos maiores escândalos da sua vida pessoal virou notícia: ela foi deixada no altar após Camilo, seu então noivo, descobrir uma traição.

 

Gerenciar essa crise seria um problema, caso os seus fãs não a apoiassem  incondicionalmente. A exposição, aliás, fez seus números passarem da casa do milhão. "A Kim [empresária] me aconselhou a não deixar os problemas pessoais interferirem no meu conteúdo. Mas receber o apoio dos 'seguimores' prova que cultivei uma relação em que todos torcem por mim além do virtual", acredita. Outro exemplo de que a visibilidade de Vivi ultrapassa a timeline são as suas emblemáticas participações na televisão.

 

Ela esteve em programas cobiçados por qualquer celebridade no auge da carreira, como "Encontro com Fátima Bernardes", ao lado de Camila Coutinho e Dudu Bertholini, e "Criança Esperança", além de atuar como jurada do novo reality show de culinária "Best Cake", que premia o melhor boleiro do País com R$ 1 milhão. "Tudo aconteceu tão rápido que só me leva a crer que ser um referencial de positividade e alto-astral me trouxe muito mais do que eu sempre sonhei", diz. Inclusive estrelar a capa da Glamour deste mês, né?

 

Please reload

Please reload

Outras notícias