ABACT estreia podcast com participação de artistas e galerias de arte nacionais

Nesta quarta-feira, dia 29 de março, a ABACT – Associação Brasileira de Arte Contemporânea - estreia seu próprio podcast, o ‘Arte Contemporânea: da casca ao caroço’, que trará conteúdos exclusivos com entrevistados que vão desde artistas até representantes de galerias de arte associadas.

A cada quinze dias será lançado um novo episódio e entre os temas que serão abordados há discussões relacionando a arte ao atual momento que o mundo se encontra, de necessidade de isolamento social, já que este universo tem tido um papel fundamental neste processo de reclusão do indivíduo.


Tela de Mariana Palma, artista e diretora da galeria Casa Triângulo que participa do programa de estreia.

De acordo com a ABACT o nome do podcast tem total relação com o que a associação espera de seu público ao ouvi-lo, que é: não enxergar a beleza da arte superficialmente apenas (casca), mas também se aprofundar e conseguir entender tudo o que envolve a construção de uma obra e/ou exposição (caroço). “A ideia é que o público tire 10 minutos do seu dia para refletir como a arte contemporânea pode ser fundamental no dia a dia, para inspirar, entreter e até relaxar. E com isso as pessoas acabam por perceber quão importante é o trabalho dos artistas e todos os envolvidos para que grandes obras de arte cheguem até elas” - explica Luciana Brito, presidente da ABACT. Além disso, o nome também tenta transparecer uma característica importante do podcast: a de trazer temas relevantes de forma descontraída e leve, já que faz referência a uma confusão comum e engraçada com o nome da Associação – ABACT/Abacate.

O podcast ‘Arte Contemporânea: da casca ao caroço’ pode ser acessado pelos aplicativos de reprodução Spotify, Apple Podcasts e Google Podcasts ou diretamente pelo aplicativo agregador Anchor (clique aqui).

1º episódio discute papel das produções artísticas em meio a uma pandemia

A ABACT traz no episódio de estreia de seu podcast a artista Mariana Palma e a diretora da galeria Casa Triângulo, Camila Siqueira, para falar sobre como a indústria de arte contemporânea tem se reinventado no ambiente digital de forma a se manter ativa mesmo com a paralização de feiras e fechamento de portas de galerias e museus.

Além disso, o episódio traz uma discussão sobre a importância das produções artísticas em momentos áridos, como o que estamos vivendo com a pandemia da covid-19, que acabam sendo uma ajuda às pessoas em casa, que estão mais propícias por conta do isolamento a ter desânimo, falta de interesse e criatividade para enfrentar o dia a dia.

Episódios de maio

13/05 – Iniciativas das galerias para continuarem próximas do público

27/05 – Revisitando a exposição “Febre Amarela” de Vivian Caccuri

Últimas notícias

Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png