Henrique Fogaça xinga internautas: “feia que nem o cão”

Na última quarta-feira, 13, o chef de cozinha e jurado do Mastechef Brasil, Henrique Fogaça, se envolveu em polêmica após disparar ataques pessoais a internautas que discordavam de seu pensamento a respeito da origem do novo coronavírus.


Em vídeo divulgado nas suas redes sociais, Fogaça questionou sobre a origem do vírus, e se seus seguidores acreditavam que ele poderia ter sido criado propositalmente pela China, com o objetivo de dominar a economia mundial, a fim de superar os Estados Unidos.



“Quando começou [a doença], o que vocês acham? Que foi acidental? Que eles foram perceber depois de um tempo só que havia um milhão de pessoas rodando o mundo e a doença já se instalando e rondando. Ou você acha que foi proposital? Para simplesmente dominar o mercado econômico do mundo, começando pelo Estados Unidos e automaticamente refletindo para todo o mundo”, comenta o chef em vídeo divulgado no seu perfil do Tiktok.

Chefe Henrique Fogaça questiona aos internautas se coronavírus pode ter sido criado em laboratório pela China. (Vídeo: henrique_fogaça74)


Com a viralização do vídeo, o chef passou a receber críticas no Twitter pelo seu pensamento, justamente por propagar uma ideia negacionista, que não reflete a realidade. Ao rebater os comentários, Fogaça fez apologia à violência, além de usar as palavras “vaca”, “burra” e “anta” para se referir aos internautas. Após a polêmica, apagou os tweets, sendo a sua última postagem na plataforma referente ao mês de novembro do ano passado.



Que papelão, hein, chef? #ZoomZoomZoom


Últimas notícias

Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png