Livro que une literatura e fotografia é projeto dos fotógrafos Guto Alminhana e Iara Tonindandel

Guto Alminhana Monteiro e Iara Tonindandel são reconhecidos na arte da fotografia, mas também dão seus passos no universo das letras. Com coordenação do escritor, publicitário e músico Rubem Penz, resolveram unir as duas paixões. O resultado é o projeto Grão – imagens, palavras, eternidade, uma iniciativa que se transformará em livro a partir do financiamento coletivo disponível em: https://bit.ly/3lYhqv1.


Estará presente no livro uma homenagem ao fotógrafo Beto Scliar, filho do escritor Moacyr Scliar, que faleceu em março de 2020. Uma imagem que ele fez do pai em Cuba inspirou a produção de duas crônicas, uma escrita por Monteiro a e a outra por Iara. A imagem escolhida representa a fusão da fotografia e da literatura, que motivou os autores a produzirem a obra.

Imagem inspira crônica e poderá ser escolhida como recompensa pelos apoiadores do projeto

(Foto: Iara Tonindandel)


Foram convidados ainda os fotógrafos Anibal Elias Carneiro e Carlos Eduardo Vaz e os poetas Clarissa Ferreira e André Bolivar. Todos foram instigados a escrever a partir da intensidade eloquente de instantâneos pré-selecionados e, assim, perseguir o olhar de cada um diante da lente dos autores e dos fotógrafos convidados.

Bailarinas: obra que integra o projeto também está entre as recompensas para quem apoiar o financiamento coletivo

(Foto: Guto Alminhana Monteiro)


Quem tiver interesse, pode apoiar o projeto até o dia 4 de janeiro, com contribuições que vão de R$ 40 a R$ 145. Entre as recompensas, dependendo do valor, os participantes poderão escolher fotos exclusivas que farão parte da obra e o próprio livro, com lançamento previsto para março.

Guto Alminhana Monteiro é um dos autores da obra e Iara Tonindandel leva sua arte em fotos e crônicas para o livro (Foto: Acervo pessoal/Juliana Baratojo)


Últimas notícias

Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png