top of page

Peça "A Inquilina" propõe um novo olhar para a mulher de 50+ no Sesc Bom Retiro

As atrizes e produtoras Luisa Thiré e Carolyna Aguiar falam das dores e delícias das mulheres de 50+ na peça "A Inquilina", com texto da dramaturga, escritora e romancista americana Jen Silverman. O espetáculo será encenado pela primeira vez no Brasil, com tradução de Diego Teza e direção de Fernando Philbert, com estreia dia 7 de julho no Teatro do Sesc Bom Retiro, em temporada até 6 de agosto, de quinta a domingo.

Amigas de colégio desde a adolescência, Luisa Thiré e Carolyna Aguiar são comadres e estudarem textos juntas durante a pandemia. (foto: Pino Gomes)

Aos 53 e 52 anos, respectivamente, Luisa Thiré e Carolyna Aguiar nem de longe pensam em diminuir a marcha. Estão no auge de suas vidas e tem um turbilhão de projetos a serem realizados. Entusiasmadas pelo tema, se misturam com as personagens ao falar de si mesmas enquanto definem Sharon e Robbin, seus papeis no espetáculo.

Mistério, humor, acidez, leveza, paixão e liberdade são ingredientes desta comédia dramática, que põe em xeque a capacidade das mulheres 50+ de se reinventarem. O resultado é uma história engraçada, surpreendente e bela sobre as alegrias e terrores da reinvenção pessoal na idade madura.

"A Inquilina" é a história de duas mulheres acima dos 50 anos que querem dar uma virada na vida. A partir de um encontro, elas se espelham e se revelam. Tão diferentes e com vidas tão distintas - uma mora no Interior; outra, na cidade grande, ambas tem em comum a solidão nas dores e delícias de estarem nessa fase da vida, sem a demanda de filhos e de um casamento.

Sharon (Luisa Thiré), 52 anos, dona de casa, mãe, divorciada, vivendo numa zona rural se vê sozinha, sem perspectivas e sem recursos para se manter. Decide então, alugar um quarto de sua casa e dividir as despesas.

Robyn (Carolyna Aguiar), 53 anos, cosmopolita, vegana, lésbica e também mãe, precisa de um lugar para se esconder e uma chance de começar. Tudo em Robyn desperta uma curiosidade avassaladora em Sharon. Quando esta começa a descobrir os segredos de sua inquilina, sente-se encorajada a transformar sua vida completamente.

Serviço

A Inquilina

Estreia 7/7/2023, Sexta, 20h.

Temporada - Quinta a sábado 20h. Domingo às 18h.

Até 6/8/23. Duração 75 minutos. Preços – R$ 50 (inteira), R$ 25 (meia) e R$ 15 (Credencial Plena). Ingressos a partir de 27/6, às 17h, pelo Portal Sesc, e presencialmente nas unidades a partir de 28/6, às 17h

Classificação etária - 16 anos.

Sessões com Acessibilidade: Dia 29/7, sábado: Libras. Dia 30/7, domingo: Audiodescrição.

Venha e volte de Transporte Gratuito:

Em dias de shows e espetáculos, o Sesc Bom Retiro oferece transporte gratuito de van da Estação da Luz até a Unidade. Saída da Estação da Luz (Saída CPTM, sentido José Paulino/Praça da Luz).

Ida: Quinta a Sábado, das 17h30 às 19h50. Domingos, das 15h30 às 17h50.

Volta: ao término do show para Estação luz.


Ficha Técnica

Elenco: Carolyna Aguiar e Luisa Thiré.

Texto - Jen Silverman.

Tradução e adaptação - Diego Teza.

Direção - Fernando Philbert.

Cenógrafa - Beli Araújo.

Iluminador - Vilmar Olos.

Figurinista – Karen Brustolin.

Trilha Sonora – Rodrigo Penna.

Diretor de movimento: Toni Rodrigues.

Diretora assistente: Glauce Guima.

Fotógrafo (Rio de Janeiro): Pino Gomes.

Direção de Produção: Bárbara Montes Claros.

Idealização - Luisa Thiré Produções e Oito Tempos Produções Artísticas.

Realização - Sesc.

Comments


bottom of page