Escola SAGA promove bate-papo sobre o papel das mulheres no mercado gamer nesta quinta-feira

"A maior parte do público gamer casual é feminino e a plataforma preferida de jogo é o smartphone". Essa é uma das conclusões da sétima edição da PGB - Pesquisa Game Brasil 2020, recentemente divulgada. Ainda segundo a PGB Brasil, 69,8% das mulheres jogam games. Mas, felizmente, neste mercado as mulheres têm destaque não apenas como jogadoras, mas também no desenvolvimento de games e na criação de conteúdo gamer. No SAGA Talks dessa semana, por exemplo, Eliane Pacheco, gerente de marketing da OEX Game, e Cláudia Mazzuco, professora da SAGA, mostram que as mulheres estão no controle com um divertido e inteligente bate-papo sobre o mercado de games e o universo feminino.


O programa será transmitido ao vivo nesta quinta-feira (9/7), às 19h, no canal do YouTube da SAGA, maior rede de escolas de desenvolvimento de games, arte digital, design e efeitos visuais do Brasil, e intermediado pelo coordenador de evento da escola, Rafa Noga, que além de conversar sobre o universo gamer e a carreira das convidadas, abrirá espaço para perguntas dos espectadores.


Foto: Divulgação