Abobrinha Recheada Vegetariana: Carne moída e bacon deram lugar à escarola

Agora chegou minha vez de estrear meus posts aqui na coluna "Receita Roubada" com um assalto cinematográfico, delicioso e vegetariano.


Carne moída e bacon deram lugar à escarola e muitos temperos. (foto: Nina Soares)

Não, eu não sou vegetariana. Na verdade, sou daquelas que cozinham todos os dias e sempre estou à caça de novidades para poder variar o cardápio. E eu levo a variedade realmente muito a sério, durante o decorrer das minhas aventuras no fogão compartilhadas por aqui vocês vão poder perceber isso.


Receita original: Abobrinha Recheada Fácil

Vítima: TudoGostoso


O melhor de "roubar" uma receita é poder adaptá-la ao paladar. E, hoje, cozinhei para algumas pessoas vegetarianas. Por isso, disse adeus à carne moída e ao bacon da receita original e dei as boas vindas à nossa saborosíssima escarola.


A escarola, estrela dessa receita, deve ser higienizada e cortada em fatias finas para o recheio. (foto: Nina Soares)

Incluí alguns temperinhos que gosto mais, aumentei a receite, porque hoje a turma era grande, e olha que até o meu marido, que é extremamente carnívoro, super aprovou o prato. Espero que vocês também gostem.


Receita Roubada: Abobrinha Recheada Vegetariana


Obs.: Conte uma abobrinha para cada pessoa, em minha receita abaixo eu cozinhei para oito abobrinhas.


Ingredientes:


- Abobrinha verde (conte uma para cada pessoa).

- 1 maço de escarola. TB funciona com espinafre. - 1 ricota fresca (aproximadamente 400g) - 1 pote de requeijão cremoso de 200g.

- 1 lata de creme de leite de 300g.

- 400g de Mussarela fatiada. - Azeite, alho, sal e orégano, alecrim, manjericão e chimichurri a gosto.

- 4 litros de água para ferver as abobrinhas.

As abobrinhas devem ser cortadas ao meino no sentido do comprimento. (foto: Nina Soares)

Modo de preparo:


Primeiramente, vc deve higienizar as abóboras, retirar os talos laterais e cortá-las cuidadosamente ao meio, no sentido do comprimento.


Coloque uma panela de água para ferver, aproximadamente 4 litros e 1 colher de sal. Acrescente as abobrinhas e, após levantar fervura, conte 10 minutos. Retire do fogo e escorra a água imediatamente (não demore, pois pode ficar muito cozida após esse tempo e passar do ponto ideal).


As abobrinhas partidas ao meio são fervidas em cerca de 4 litros de água com sal. (foto: Nina Soares)

Com o auxílio de uma colher pequena, remova cuidadosamente a polpa das abobrinhas.


Coloque as em uma forma untada com azeite e reserve.


Para este recheio, refogue o azeite e o alho e coloque a escarola higienizada e picada em fatias finas. Refogue por algum tempo, adicione sal, alecrim e chimichurri. É importante temperar bem a verdurinha para minimizar o amargor e deixar o mais agradável.


Após ela reduzir e estar cozida, esfarele a ricota com a mão e acrescente na panela mexendo bem. Em seguida, coloque o requeijão e o creme de leite. Misture bem, até que todos os ingredientes estejam bem incorporados. Acerte o sal e desligue o fogo.


Cubra as abobrinhas com este recheio e leve as ao forno pré aquecido a 180 graus por 25 minutos.


Após esse tempo, retire-as do forno e coloque sobre elas fatias de mussarela. Salpique manjericão e orégano. Pode também acrescentar parmesão.


Retorne ao forno por mais 7 minutos a 220 graus, até que o queijo fique gratinado. Observe, pois o tempo pode variar de acordo com o seu forno.


Arroz primavera simples e uma saladinha são ótimos acompanhamentos. (foto: Nina Soares)

Dicas Receita Roubada:


1. No recheio, use os temperos de sua preferência, inclusive a maravilhosa pimentinha, caso goste de pratos mais picantes.


2. Como acompanhamento, fiz um arroz a grega simples de panela e uma salada de beterraba com tomates e cebolas. Mas, vale sua criatividade de inventar acompanhamentos incríveis.


3. Sabe toda aquela polpa que você tirou das abobrinhas? Você junta com as sobras de escarola e do recheio, tritura tudo e refoga com azeite e alho. Acrescente um pouco de leite e faz um delicioso caldinho para essas noites frias de fim de maio. Se preferir, congele e depois arrisque uma versão sua de uma outra receita.


As sobras podem ser transformadas em um caldinho delicioso. (foto: Nina Soares)


E aí, prepararam a receita? Mudaram alguma coisa? E fizeram o que com as sobras? Me contem tudo que sou curiosa, comentem em nossas redes sociais ou envie uma mensagem aqui no "Fale Conosco" do Zoom Zine. Temperos naturais e aromáticos: usei alecrim, manjericão e chimichurri

Últimas notícias

Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png