Desenvolvido por

 

 

logocmmais.png

Minna Marie é o primeiro Gin em barrica de carvalho produzido no Brasil

18.09.2017

Cada vez mais a produção nacional ocupa seu espaço entre as bebidas premium. O Gin está alcançando um novo patamar de qualidade entre os destilados considerados nobres, como uísque, vodca e a cachaça e consumido cada vez mais nos bares mais badalados conquistando o paladar nacional em coqueteis.  A Microdestilaria Hof está colocando no mercado o Gin Minna Marie, o primeiro produzino no Brasil descansado em barricas de carvalho.

A microdestilaria trabalha com o conceito contemporâneo de produção em escala reduzida, com criações de receitas originais, e mantém a harmonização das propriedades marcantes dos ingredientes. Além da destilação em alambiques de cobre do tipo Pot still, a partir de agora dá um grande passo no mundo dos destilados com o Minna Marie. O nome é uma homenagem à mulher que é matriarca da família Braunhloz que emigrou para o Brasil. 

 

“Elaboramos um Gin da maneira que achamos que deve ser,  inédito no nome por ser feminino e na sua formulação”, afirma Martin Braunhloz, Fundador da Microsdestilaria Hof. 

 

O Minna Marie é a expressão de um clássico, o tradicional London dry gin, ousado, complexo e aromático, mas com a suavidade e equilíbrio suficiente para um Martini ou uma Gin &Tonica.

 

Serão comercializadas duas versões, a Oak Aged com um tom levemente mais escuro, descansada em barricas de Carvalho Americano e engarrafado com 40% de teor alcoólico. Já a outra, com rótulo azul é denominada cristal, pura e branca, e não descansa em barris possui 44% teor alcoólico. O Minna Marie apresenta uma receita exclusiva envolvendo 15 botânicos, além das bagas de zimbro e sementes de coentro. Disponível em embalagens de 750 ml e 375 ml. 

 

“Para a combinação intrigante e complexa para a obtenção dos sabores e aromas mais esperados dos botânicos utilizados, cada lote de nosso gin é meticulosamente trabalhado. Nosso método é o de produção individual em escala reduzida e intensivo em tempo: a infusão cuidadosa dos diversos botânicos e a lenta destilação em nosso alambique de cobre”, finaliza Braunhloz.

 

Foto: Divulgação.

Please reload

Please reload

Outras notícias